terça-feira, 22 de abril de 2014

Motociclicista é assassinado na Brasilia

A Polícia Civil de Feira de Santana procedeu na tarde desta terça-feira (22) ao levantamento cadavérico de um homem, ainda sem identificação, conhecido pelo apelido de “Luqueta”. 

O crime aconteceu na Rua Geraldo Leite, no bairro Brasília.A vítima estava em uma moto, modelo Yamaha XTV, placa policial JRM-0021, no momento em que foi alvo de vários tiros. Segundo a Polícia, “Luqueta” tem passagem por tráfico de drogas. 

As informações são de Marcos Valentim (Boca de Zero Nove) e Mário Sepúlveda(FE).

PMs de Feira manifestam repúdio à prisão de Prisco

A Associação de Policiais e Bombeiros e suas famílias (ASPRA), que tem aproximadamente 1.200 associados em Feira de Santana, realizou uma manifestação na tarde desta segunda-feira (22) em frente à Prefeitura municipal. 

A mobilização começou às 14 horas e participaram do manifesto, policiais, membros da Aspra e seus familiares. Após a concentração inicial, os PMs saíram em caminhada pelas ruas do centro de Feira, com o apoio de um carro de som expondo suas reivindicações.  

A reportagem do FOLHA DO ESTADO entrevistou Paulo dos Anjos, diretor de comunicação da ASPRA em Feira de Santana a respeito da intenção da categoria ao realizar este ato público. "Queremos chamar a atenção para a situação da segurança pública que encontra-se em caos e também mostrar as irregularidades na prisão do soldado Prisco. O argumento em que governo Jaques Wagner se apegou não tem respaldo legal. Infelizmente ele está no poder e tem a Presidência da República a seu lado, por isso está cometendo este absurdo", disse.

Ainda de acordo com Anjos, a categoria considera a prisão de Prisco ilegal e repudia a lentidão do julgamento do Habeas Corpus por parte do Supremo Tribunal Federal (STF). Para a categoria a demora seria fruto de uma perseguição política, pois segundo Anjos, o STF pode segurar a apreciação por dez dias e a categoria espera por uma resposta o mais rápido possível.

As informações são do Folha do Estado.

Micareta de Feira terá policiamento reforçado

A Polícia Militar da Bahia estará envolvida na segurança dos foliões, cidadãos feirenses e turistas, por meio da atuação de mais de 50 unidades operacionais, em consonância com o Programa Pacto Pela Vida, e com a atuação da Secretaria de Segurança Pública, durante a Micareta de Feira de Santana 2014 que acontecerá oficialmente no período de 24 a 27 de abril.

Através do Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL), a Polícia Militar empregará 5.445 policiais militares na Operação Micareta de Feira 2014, o que representa um aumento de 16% em relação ao ano de 2013 quando foram empregados 4.700 policiais militares.

Este ano, o policiamento contará também com um reforço das Companhias Especializadas (CIPEs), que juntamente com a tropa de Choque, darão maior visibilidade do policiamento à população na Avenida e na segurança dos bairros por meio das Guarnições de Radiopatrulhamento Especializado. Para tanto, houve um incremento de quase 200% em relação ao ano de 2013, onde foram empregados 107 policiais, subindo para 284 policiais neste ano. A segurança contará com o apoio do Grupamento Aéreo (Graer), e da Companhia de Emprego Tático Operacional do CPRL (CETO) – que atuará com o Pelotão Tático Móvel, Pelotão Asa Branca e Cavalaria, além das tropas das unidades de ensino da Polícia Militar.

Além disso, serão empregados 228 policiais militares nas barreiras fixas (portões de acesso). Todo efetivo estará sob a coordenação do Comando Regional Leste.

Todo esse aparato será distribuído nos 2,5 Km do circuito, bem assim durante a “Operação Folia e Paz”, que garante a segurança do entorno da festa e dos bairros da cidade, quando serão empregadas 20 viaturas do policiamento ordinário, 16 viaturas de Companhias Especializadas (CIPES), 3 viaturas da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) do CPRL, 45 motocicletas, 30 cavalarianos e 3 viaturas do Batalhão Rodoviário que policiarão as BAs que dão acesso à cidade, durante 24 horas por dia.

Serão instalados 3 Postos de Reunião de Tropa que funcionarão no Centro de Cultura Amélio Amorim, Colégio ECASSA e Instituto de Educação Gastão Guimarães e 4 Postos de Comando de Área que serão instalados em pontos estratégicos do circuito e funcionarão de forma integrada com a Polícia Civil, recepcionando as ocorrências.

Será ainda executada, por meio da 64ª Companhia Independente de Polícia Militar, a Operação Abadá que visa garantir a segurança dos foliões no momento da retirada de seus abadas nos locais de entrega.
 O planejamento de segurança prevê ainda:

Equipamentos tecnológicos: No circuito Maneca Ferreira, localizado na Avenida Presidente Dutra, a sociedade contará com o mesmo aparato tecnológico empregado no Carnaval de Salvador. Para tanto serão utilizados celulares Smartphone, pistolas Taser, rádios comunicadores com geoprocessamento e câmeras de vídeo-monitoramento.

Será instalado ainda, na Direc, o Centro de Informações e Decisões Estratégicas (CIDE), que monitorará o policiamento durante a Micareta, com possibilidade de análise e ajuste em tempo real das ações realizadas. 
Segurança nos Terminais e pontos de ônibus: O Pelotão de Cavalaria empregará 30 cavalarianos e ficará encarregado pelo policiamento na Estação de Transbordo Central e pontos de ônibus, 24 horas por dia. 

Micareta do Bairro Kalilândia: O policiamento na Kalilândia terá o emprego de oito patrulhas baseadas em um Posto de Comando de Área exclusivo.

Reuniões de Avaliação: As reuniões de avaliação ocorrerão diariamente no auditório do 1º BPM/Feira de Santana, sempre no período da manhã, com a participação de todos os órgãos responsáveis pela organização da festa, onde serão realizados os ajustes necessários.

Sala de Imprensa: este ano a Polícia Militar instalará uma sala de imprensa para dar suporte aos veículos de comunicação, garantindo assim uma maior agilidade e segurança na transmissão das informações.

A sala funcionará no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, situado na Rua Vasco Filho s/n, próximo à Estação Rodoviária, e contará com policiais de plantão durante toda a festa.

Valorização profissional - Visando proporcionar aos policiais militares melhores condições de trabalho durante o evento, neste ano a PM inova com a participação do Serviço de Valorização Profissional (SEVAP) que contará com uma equipe Multidisciplinar formada por psicólogos, nutricionistas, assistentes sociais, educador físico e apoio jurídico, além de atividades artístico-educacionais que serão coordenadas pelo Grupo de Teatro da PM.

Visando oferecer um maior conforto para os policiais militares, o Comando Leste priorizou um planejamento de aplicação de quase totalidade do efetivo no sistema vem-e-vai, onde o policial vindo de Unidade Operacional de outra cidade, é transportado para o serviço e ao final retorna ao seu lar.

ASCOM/CPRL

Polícia: a greve em que todos perdemos

Não vou comentar aspectos legais e políticos da greve policial, tão indissociáveis que estão, nem suas exigências- certamente necessárias- mas fazer uma observação: quando foi anunciado o fim da greve os policiais cantaram. Há, inclusive, uma foto, emblemática, com todos de mãos para o alto. O arcebispo Dom Murilo Krieger - essencial nas negociações- festejou a "intervenção divina" para o fim da greve, em uma entrevista. Entendo seu tom e sentimento, mas me pareceu alegre, quase festivo. Os  governantes deram entrevistas entusiasmados pela rapidez do problema resolvido. 

Perdoem-me todos, mas foi completamente inadequado. O momento exigia que estivessem todos constrangidos, compungidos, pesarosos, porque eu me senti assim. Sim senhor arcebispo, sim senhores policiais, sim senhores do governo, houve mortos e feridos demais para que a greve fosse encerrada com qualquer gesto, declaração de vitória, ou comemoração por eficácia administrativa. O momento deveria ser de desculpas à Sociedade que viveu o terror, o abandono, e, às famílias das muitas vítimas ( ainda que, subliminarmente, muitos comemorem em silêncio achando que eram "malas-sujas"). Ou, ao menos, às famílias dos policiais mortos, da garota de 12 anos baleada fatalmente, do operário esfaqueado, e outros inocentes, além dos que tiveram suas lojas fechadas ou  saqueadas ( alguns comerciantes me disseram que Feira deve ter perdido mais de R$50 milhões. Não calculo a Bahia. ) Não ouvi nenhum destes atores envolvidos se dirigindo a estas pessoas.

Defendo com todo vigor que os policiais, especialmente dos escalões inferiores, sejam muito bem remunerados e protegidos. A sociedade está vendo a importância que eles tem e quanto merecem apoio e reconhecimento, ao invés, só de criticas, mas a todos envolvidos eu digo: não há motivos para celebrações. Os prejuízos e as dores, algumas intermináveis, causadas, é que  deveriam dar o tom das suas falas e não a vitória, até porque, se alguém ganhou, foi às custas de todos perdermos.

Por: César Oliveira, Tribuna Feirense.

Caminhão desgovernado mata uma criança e deixa outras duas pessoas feridas

Um acidente envolvendo três veículos provocou a morte de uma menina e ferimentos em outra criança e uma mulher. A tragédia aconteceu por volta das 18h desta segunda-feira (21) na avenida Getúlio Vargas, em Conceição do Jacuipe.
Segundo informações, as vítimas são de Feira de Santana e foram passar o feriado com parentes no município vizinho. Elas foram atingidas quando se preparavam para voltar para casa.
Um caminhão cavalinho de placa KNE-9846, estava dando ré e desgovernado percorreu 10 metros até atingir dois veículos:um Corolla e  um Pálio Weekend, onde estavam as vítimas. Uma criança morreu no local e a outra foi transferida para o Hospital Estadual da Criança (HEC), em Feira de Santana.
Populares se revoltaram e incendiaram o caminhão. A polícia foi acionada e viaturas de Coração de Maria e de Teodoro Sampaio foram deslocadas para garantir a segurança. O Corpo de Bombeiros também foi acionado e controlou as chamas.

Os nomes das vítimas não foram divulgados. O caso será investigado pela Delegacia Territorial de Conceição do Jacuipe.

Blog Central de Polícia, com informações e fotos do Jacuipe Notícias e Jornal Transamérica. 

“ Foi uma fatalidade, estou arrependida’’, diz esposa acusada de matar soldador na porta de bar

Lucimar Santiago dos Santos, 30 anos, acusada de matar o marido com golpe de faca na primeira quinzena do mês de abril, compareceu na Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Feira de Santana. Ela estava acompanhada do advogado Hércules Oliveira, e disse em depoimento que sofria constantes agressões por parte do marido.

Fabrício Nascimento da Silva, 30 anos, residia na rua Nova Iguaçu, no bairro Campo Limpo, e morreu no dia (14) no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA).

De acordo com dona Wilma Nascimento, o filho estava em um bar na companhia de uma mulher e com amigos, quando foi atingido com golpe de faca no peito.

Durante a entrevista ao Subaé Notícias, a acusada disse que encontrou o marido em um bar com uma pessoa, e apanhou uma faca que estava próxima a mesa.

“ Foi uma fatalidade, eu estou arrependida. Eu fui me defender e empurrei Fabrício, e não notei que estava com faca na mão,’’ contou a acusada para a reportagem da rádio Subaé.  

A mãe de Fabrício disse na época que a nora já o havia ameaçado, caso encontrasse ele com outra mulher. “ Os dois viviam em conflito frequentemente e não se entendiam’’, completou.     

“ O casal convivia há sete anos e deixou dois filhos’, informou um familiar para a reportagem do Subaé Noticias.

Blog Central de Policia, com informações de Denivaldo Costa.

HGCA: Homem recebe 7 facadas no Parque Ipê

Permanece internado no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), Elivelton de Jesus Oliveira, 20 anos, residência ignorada.

O jovem foi atingido com sete facadas no bairro do Parque Ipê, em Feira de Santana. A tentativa de morte aconteceu na noite passada (21). A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Outra ocorrência

Um homem foi baleado nas costas, braços e costas na porta de casa e também segue em observação médica. A vítima é Bruno Cerqueira da Silva, 37 anos, morador da rua Amanda de Assis Costa, na cidade de Amélia Rodrigues.

Blog Central de Polícia, com informações de Jorge Teles.